contato@cosy.net.br
11 99453.6593 11 4323.4218 / 11 2613.0615

Atividade física: como anda sua prática?

Atualmente é quase impossível desconhecer os inúmeros benefícios da prática de atividades físicas. A prática regular de atividade física é capaz de melhorar a circulação sanguínea, fortalecer o sistema imunológico, ajudar a emagrecer, diminuir o risco de doenças cardíacas e fortalecer os ossos, por exemplo. Esses benefícios podem ser alcançados em cerca de 1 mês após o início da atividade física regular, como caminhadas, pular corda, correr, dançar ou praticar musculação.

O número de pessoas que procura academias de ginástica para praticar atividade física vem aumentando nos últimos anos no Brasil. Obesidade, sedentarismo e recomendação médica são motivos que levam a população a buscar a prática de exercícios em academias de ginástica públicas ou privadas, gratuitas ou pagas.

No entanto, não é apenas nas academias que é possível praticar uma atividade física. Pequenas mudanças nos hábitos como descer um pouco antes do ponto de destino, subir escadas ao invés de usar o elevador, deixar o carro em casa para fazer algo caminhando já podem fazer uma grande diferença no condicionamento físico.

Para quem prefere praticar uma atividade aeróbica como dançar, ou gosta de acompanhar o ritmo de outras pessoas, ainda é possível assistir a vídeos pelo YouTube, que têm aulas de zumba, pilates, yoga e muito mais! Tudo isso é gratuito e pode ser praticado no espaço de casa.

É importante que antes de começar a praticar exercícios sejam realizados exames para que seja verificado o estado geral de saúde da pessoa e, assim, seja possível indicar o melhor tipo de exercício e a intensidade indicada, por exemplo. Além disso, ter o acompanhamento de um profissional capacitado ajuda a diminuir o risco de lesões.
Uma dica preciosa para aqueles que têm preguiça em começar, não faça algo muito pesado no começo. Iniciar com caminhadas curtas pelo bairro já é um grande feito! Se tiver amigos ou parentes que possam te acompanhar, será ainda melhor, pois haverá um estímulo mútuo para a prática das atividades. O que importa é não ficar parado!

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *